Encontro dos Novos Ministros Provinciais e Custódios com o Ministro Geral e seu Definitório

Foto: ofm.org

O encontro dos Novos Ministros Provinciais e Custódios com o Ministro Geral e seu Definitório realizou-se de 13 a 21 de novembro na Cúria Geral da OFM .

Os objetivos do encontro, que envolveu 21 frades de 16 países , foram múltiplos: primeiro a formação dos novos Ministros e Custódios para o desempenho do seu novo serviço, e depois o conhecimento pessoal e a escuta mútua , tão importantes para os irmãos. em todo o mundo e para a própria Ordem. Este evento permitiu também um encontro individual com o Ministro Geral, para partilhar desafios e oportunidades que cada entidade traz consigo.

No primeiro dia, Fr. John Wong , Definidor geral, apresentou os resultados do questionário previamente enviado aos participantes: as perguntas diziam respeito às expectativas do encontro, aos temas a serem abordados, à colaboração com o Ministro geral, o Definitório e os escritórios da Cúria. Das respostas deduziu-se que as expectativas mais partilhadas diziam respeito ao desejo de fortalecer as relações fraternas e institucionais, partilhar a situação local nas diferentes entidades, melhorar a formação e desenvolver os conhecimentos e competências necessários para poder desempenhar melhor o seu serviço. Além disso, muitos expressaram a necessidade de compreensão e encorajamento fraterno, especialmente em momentos de crise, de acompanhamento e presença fraterna nas comunidades, de diálogo e coordenação entre os frades nos desafios diários que os acontecimentos atuais apresentam.

A sessão da tarde foi aberta pelo Ministro Geral, Fr. Massimo Fusarelli , que apresentou o tema: “ O serviço da autoridade como relação: dos irmãos às Conferências ”. A partir da leitura dos Atos dos Apóstolos 20, 17-38, em que São Paulo está agora no final do seu ministério, Fr. Massimo destacou como a sua história é uma proposta sobre o exercício da autoridade e a qualidade do relacionamento: “A autoridade em relação aprende a encarar a verificação como um dever. […] Eduquemo-nos numa cultura de verificação”, disse o Ministro, sublinhando também a importância da partilha e da solidariedade entre irmãos, sempre em busca da “vontade de Deus”.

No dia seguinte, Fr. Darko Tepert , secretário geral para a Formação e Estudos, e Fr. Hieronimus Dei Rupa (secretário adjunto) concentraram-se no ” serviço do Ministro para formar através e para as relações “: a partir da Ratio Formationis Franciscanae   recordaram o importância da relação com Deus, com os irmãos, com a Ordem e com a Igreja, para depois sublinhar as tarefas do Ministro e do Custódio em matéria de formação, propondo também questões para partilha em pequenos grupos e depois em plenário.

Fr. Francisco Gomez Vargas e Fr. Dennis T. Tayo , respectivamente Secretário Geral e Animador para as Missões e Evangelização, em seu discurso “ O serviço do Ministro para evangelizar em relação uns aos outros e aos outros ”, a partir do Art. 51 dos Estatutos Gerais falava da evangelização missionária, das Formas Novas , de como ser uma fraternidade profética, lançando então diretrizes para o trabalho em grupo.

À tarde, Fr. Daniel Rodriguez e Fr. Taucen Girsang , Diretor e vice da Secretaria Geral da JPIC, apresentaram suas atividades “ Por uma realidade interligada ”, como a Rede Franciscana Migrante e a Rede Franciscana Mediterrânea, com um olhar sobre as nomeações do futuro – por exemplo, de 19 a 26 de maio de 2024, será realizado na PUA de Roma o Curso Internacional para novos animadores JPIC.

Nos dias seguintes os encontros tiveram como tema os Centenários Franciscanos, os projetos da Fundação Fraternitas da Ordem, dos Comissariados da Terra Santa, da Pontifícia Universidade Antonianum, a proteção de menores e adultos vulneráveis, situações de conflito fraterno e sua a gestão do Ministro, a apresentação da nova base de dados da Ordem e de alguns gabinetes da cúria geral, os aspectos económicos das entidades.

A peregrinação ao Vale Santo, na província de Rieti, foi muito bem-vinda e levou os irmãos aos santuários de Fonte Colombo e Greccio: uma forma de estar pessoalmente nos lugares onde São Francisco, há 800 anos, escreveu a Regola Bollata e criou a creche. Fr. Augustinus Kuwata, Ministro da Província dos Santos Mártires do Japão, disse estar verdadeiramente grato a Deus por esta experiência: “Na Fonte Colombo recebemos um livrinho da Regra do Fr. Massimo; Pude lê-lo em oração no lugar onde São Francisco o escreveu. O segundo capítulo comoveu-me profundamente: dizia simplesmente que quem desejasse ser admitido como Frade poderia renunciar a tudo e ser acolhido segundo o Santo Evangelho, se desejasse sinceramente esta vida, discernindo os ensinamentos e os sacramentos da Igreja. Foi um momento de graça voltar ao ponto de partida da minha vocação.

O encontro terminou terça-feira, 21 de novembro, com a Santa Missa presidida pelo Ministro Geral. Na festa litúrgica da Apresentação da Bem-Aventurada Virgem Maria, Fr. Massimo sublinhou a mensagem de alegria que a Virgem transmite a todos: “Podemos experimentar o nosso serviço como uma possibilidade de alegria e não apenas de peso, se cultivarmos a relação com o Senhor e procuramos viver, pensar, sentir e agir no ambiente vivo da fé e do amor e não apenas dentro de nós mesmos”, disse ele em sua homilia .

Participaram do encontro os irmãos das Províncias ou Custódias: 

Alard Krzysztof Maliszewski (PS Hedwig, Polónia);
Antonio José Reyes López (C. Imaculada Conceição BVM, Venezuela);
Augustinus Takuji Kuwata (P. Ss. Mártires do Japão, Japão);
Azeem Lawrence (CS João Batista, Paquistão);
Benedykt Maria Świderski (PS Miguel Arcanjo, Ucrânia);
Derrick Yap (CS Antonio di Padova, Singapura);
Egidiusz Włodarczyk (P. Imaculada Conceição BVM, Polónia);
Fernando Valente da Silva Mota (P. Ss. Mártires de Marrocos, Portugal);
Jakub František Sadílek (PS Wenceslas, República Checa);
Jesús Barahona Vega (Padre São Francisco de Quito, Equador);
João de Deus Nguyen (PS Francisco de Assis, Vietname);
Jozo Grbeš (P. Assumption BVM, Bósnia e Herzegovina);
Juraj Andrej Mihály (P. SS. Salvatore, Eslováquia);
Krzysztof Bobak (PS Maria degli Angeli, Polónia);
Leonard Bielecki (PS Francisco de Assis, Polônia);
Marcos Iván Saravia Orellana (PS Francesco Solano, Peru);
Markus Fuhrmann (PS Elisabeth, Alemanha);
Rocha da Silva, Edilson (CS Benedito da Amazônia, Brasil);
Witosław Sztyk (P. Assumption BVM, Polónia);
Xavier Durai Raj (PS Tomé Apóstolo, Índia);
Zdravko Dadič (PS Croce, Bósnia-Herzegovina).

Fonte: ofm.org

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print